Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Baixista do Runaways diz que empresário a estuprou em 1976

      10 de julho de 2015 9:02 Por Laiza Kertscher

      Jackie (de blusa branca) falou pela primeira vez sobre o abuso

      Jackie Fuchs, ex-baixista da banda The Runaways, acusou o ex-empresário do grupo, Kim Fowley, de ter a drogado e estuprado em meados dos anos 70. Fowley, que morreu em janeiro deste ano, foi co-fundador do Runaways e um dos compositores do maior hit da banda, “Cherry Bomb”, ao lado de Joan Jett.

      A denuncia foi feita pela musicista em um artigo para o site Huffington Post. Em seu depoimento, a baixista afirma que tinha 16 anos quando foi drogada pelo empresário, em uma festa após um show, na Califórnia, no réveillon de 1976. Segundo a publicação, testemunhas afirmaram que Jackie recebeu uma série de drogas sedativas antes de ser estuprada pelo agente.

      “Eu lembro de abrir os olhos, Kim Fowley estava me estuprando e havia pessoas assistindo”, contou a baixista. Segundo o artigo, Fuchs só resolveu compartilhar sua história para ajudar a chamar a atenção para casos semelhantes ao seu, como da cantora Kesha, que acusa o empresário Dr. Luke de abuso sexual, e das denúncias de estupro contra o comediante Bill Cosby.