Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Lita Ford comenta sobre caso de estupro de Jackie Fox

      24 de julho de 2015 11:58 Por Laiza Kertscher

      No início do mês, a ex-baixista do The Runaways, Jackie Fox, veio a público para revelar que foi estuprada pelo empresário da banda, Kim Fowley, em meados dos anos 70. Em seu depoimento, Jackie conta que suas ex-colegas Joan Jett e Cherie Currie estavam no local e presenciaram tudo que aconteceu.

      Após a repercussão do depoimento da musicista, Joan e Cherie se manifestaram, negando que tenham presenciado qualquer cena de estupro, e que caso o tivessem, teriam agido para evitar o crime.

      Agora, foi a vez da guitarrista Lita Ford comentar o assunto. No depoimento, Jackie cita que Ford não estava presente. Lita afirmou para a rádio Rockin’ 101 nunca ter ouvido falar sobre esse assunto antes, mas disse acreditar na versão da baixista.

      “Honestamente, eu não estava lá quando aconteceu, como Jackie disse , então eu realmente não posso dizer muito sobre isso. Quando vocês lerem meu livro, verão que eu nunca realmente andei com a Joan ou a Cherie, e tudo que aconteceu entre a Joan e a Cherie ficou entre elas. Scott Anderson, que era nosso empresário, junto com Kim Fowley… Scott saia em turnê com a gente. Então se alguém sabia de alguma cosia, era ele, Cherie e Joan. Scott já faleceu, assim como Kim Fowley. Mas eu sei que Jackie não é mentirosa, e se ela disse que alguém viu aquilo, se ela diz que aquilo aconteceu, então eu acredito nela, realmente acredito. Ela é um tanto extrema às vezes, mas de qualquer forma, isso não é certo. Eu realmente não sei o que dizer sobre isso. Eu não estava lá, ninguém me falou sobre isso”.

      Lita lançará sua autobiografia em março de 2016. Durante a entrevista, a guitarrista também falou sobre as possibilidades de reunião do Runaways. Segundo ela, depende apenas de Joan Jett para que isso aconteça.