Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Rolling Stones

      18 de fevereiro de 2006 Por Cifra Club

      A praia de Copacabana recebeu, 18 de fevereiro, um milhão e duzentos mil fãs dos Rolling Stones. Desde o começo da manhã do sábado, centenas de fãs aguardavam nas areias de uma das mais famosas praias do Rio de Janeiro o show, que começou às 21h45, conforme prometido.

      Mick Jagger e seus companheiros de banda entraram no palco com os riffs de “Jumpin’ Jack Flash”, que com os primeiros acordes fez aquele mar de gente pular. Logo em seguida, os veteranos mandaram “It’s Only rock and roll (But I Like It)” e “You Got Me Rocking”.

      Com tantos clássicos, várias músicas que os fãs gostariam de ouvir ficaram de fora, mas uma boa surpresa agradou muita gente: ouvir “Tumblin’ Dice” levou os fãs das antigas ao delírio. Antes da próxima música Jagger arriscou algumas frases em português: “Copacabana, esta é a melhor festa do mundo”. Então, era a hora de apresentar as novidades: “Oh no not you again” e “Rain fall down”, músicas do último álbum da banda – A Bigger Bang – vieram costuradas pelos grandes sucessos “Wild Horses” e “Midnight Rambler”. Entre uma música e outra, Jagger se comunicava com o público: “Tem gente de São Paulo aí? E da Bahia? E Porto Alegre? E do Rio? Vocês são fantásticos”, inspirando muitos aplausos.

      Uma pausa no sho e Sir Mick Jagger anuncia uma homenagem ao compositor Ray Charles, com a música “The night time is the right time”. Acompanhado de sua backing vocal Lisa Fischer, Jagger prestou um tributo emocionante.

      Após apresentar membro por membro que compõe a grande banda que apoia os Stones em palco, chegou a vez de Keith Richards dar vida para as músicas “This place is empty” e “Happy” com sua voz rouca. O guitarrista foi ovacionado pelo público brasileiro.

      A introdução de “Miss You” veio pelos pianos, a banda foi se recompondo e logo se ouviu o famoso riff. Os Stones foram para o centro do palco, que começou a se mover em direção do público. O grupo foi levado pelo palco móvel a mais de 70 metros do palco principal, o que deixou os fãs em êxtase, afinal, uma área VIP imensa separava o público dos convidados especiais dos patrocinadores. Essa era chance que algumas pessoas teriam de ver os ídolos não só pelo telão.

      No pequeno palco, a banda tocou “Rough Justice”, do disco novo, e os clássicos “Get off of my cloud” e “Honky tonk woman”. Já de volta ao palco principal, começam os arrepiantes tambores de “Sympathy for de devil”, que fez pelo menos um quilômetro de público cantar o refrão.

      Mais clássicos da banda vieram em seguida: “Start me up”, “Brown Sugar” e “You Can’t Always get what you want”. Claro que nenhum fã poderia tirar os pés daquela areia sem ouvir o maior de todos os sucessos da carreira dos Rolling Stones. Então, “(I Can’t Get No) Satisfaction” encerrou esse show histórico.

      Comente à vontade, mas pegue leve com os palavrões e/ou ofensas senão seu comentário pode ser editado ou deletado. =)