Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Johnny Rivers

      16 de maio de 2008 Por Cifra Club

      No último dia 16, o veterano roqueiro Johnny Rivers se apresentou em Belo Horizonte. Com o Chevrolet Hall vazio, o cantor surpreendeu aos espectadores com um show mais introspectivo e sem apresentar vários clássicos que ele construiu nas suas mais de quatro décadas de carreira.

      Os ponteiros marcavam 22:15 quando Rivers subiu ao palco acompanhado por seu time de músicos e abriu o show com The Midnight Special, uma típica canção da década de 20, que se tornou mais popular com a interpretação do Credence Clearwater Revival. O que veio depois foi uma série de canções não muito conhecidas e o público só demonstrou entusiasmo lá pela sexta música quando ele tocou The Tracks Of My Tears. Passada a euforia momentânea, o set list voltou para o lado b da carreira do músico e entre um número e outro a platéia pedia por músicas mais populares, tais como Poor Side Of Town, Hey Joe e A Whiter Shade Of Pale. Johnny não atendeu aos apelos e deu continuidade ao espetáculo.

      Quando o evento já estava se aproximando do fim, os presentes voltaram a se animar, pois foram apresentadas algumas das canções que todos esperavam dentre elas Baby I Need Your Lovin’, Menphis e encerrou o show com a dançante It’s Too Late. Ao retornar ao palco, Rivers brindou ao público com Do You Wanna Dance?, o seu maior hit em terras tupiniquins e finalizou de vez o espetáculo com Secret Agent Man.

      A voz de Johnny Rivers continua aconchegante e sua banda de apoio é extremamente competente, mas a pouca interação entre ele e público somada à ausência de parte dos clássicos de sua carreira resultou em um show morno e aquém do que se espera de um dinossauro da música.

      Comente à vontade, mas pegue leve com os palavrões e/ou ofensas senão seu comentário pode ser editado ou deletado. =)